BIA DORIA


Há 18 anos, a artista plástica Bia Doria dedica-se às Artes. Sua sensibilidade para lapidar os materiais colhidos na natureza é notável! Suas obras retratam a real possibilidade de transformação, uma verdadeira lapidação de diamantes brutos que, muitas vezes, são invisíveis ao olhar comum.

A natureza é minha fonte de inspiração. Tenho as formas da natureza como o princípio do meu trabalho; recrio e transformo resíduos de florestas como se fossem diamantes lapidados, materiais difíceis de serem trabalhados e adquiridos, pois são resgatados de florestas fechadas, fundos de rios e lugares de difícil acesso e necessitam de cuidados especiais, desde a higienização até sua preservação, portanto, é um demorado processo de elaboração. Tem que ter muita energia e paixão, pois o trabalho é árduo” – afirma a artista.

O processo de olhar e cuidar do meio ambiente é um ponto muito importante do trabalho de Bia. Algumas de suas esculturas foram criadas como alertas em relação aos danos que o homem causa à natureza como, por exemplo, a Usina de Balbina, na Amazônia, um grande desastre ambiental.

Além das obras em madeira, material este que já faz parte do seu DNA, a artista também realiza um grande sonho: trabalhar com murano, apresentando belíssimas obras em seu ateliê.

Em sua carreira artística, Bia Doria tem em seu currículo várias exposições realizadas pelo Brasil e em outros países, como França, Alemanha, Estados Unidos e Itália, onde ganhou o prêmio em escultura na 10ª Bienal de Florença2015 e em Tivoli – Scuderi Estensi – em Roma. Foi também em Roma que suas esculturas foram expostas na Basílica Papale Di San Paolo Fuori.

18 visualizações

by Jottaelle Arte Digital   |   Todos os Direitos Reservados